Itabuna

Briga de “amigas” por causa de idoso termina com uma morta a facadas em Itabuna-BA

Duas amigas, um idoso, ciúme, briga e um fim trágico. Este é o resumo de uma história real, que teve como palco a Bananeira, região ribeirinha próxima ao bairro Lomanto, em Itabuna. Desse “filme”, três personagens que desempenharam papéis distintos: um deles é o pivô, a outra é a vítima fatal e a terceira uma assassina confessa. O caso aconteceu na tarde deste sábado (15).
WhatsApp-Image-2019-06-15-at-18.16.14-497x500
Valquíria Silva Conceição, de 43 anos, e Larissa Dias Paiva, de 23, já se conheciam há um bom tempo. No entanto, as duas amigas vinham se desentendendo constantemente. O motivo seria ciúmes e o pivô, um homem de 73 anos, marido de Larissa, que foi morta com duas facadas. A autora do crime, Valquíria, foi presa em flagrante e confessou.
Larissa Dias Paiva
WhatsApp-Image-2019-06-15-at-18.10.07
A mulher alegou que agiu em legítima defesa. “Foi ela que começou, me chamou na rua e começou a dizer que eu estava falando dela. Depois me ameaçou com um espeto de ferro”, contou. Valquíria relatou que conseguiu tomar o objeto da amiga e jogou no chão. Só que, ao invés de ir embora, foi na casa da irmã e pegou uma faca. Voltou ao local e desferiu, friamente, dois golpes na vítima, que foi atingida no peito e em um dos olhos. Valquíria, entretanto, não admitiu que Larissa tivesse ciúme dela.
O Samu foi acionado e a polícia Militar, por meio da 1ª Companhia, foi também para dar apoio ao serviço de urgência. Chegando lá, a jovem já estava morta. A criminosa foi presa, quando tentava fugir pelas margens do rio.
“Eu peço perdão, porque sei que só Deus pode tirar a vida. Não tenho esse direito. Agora vou pegar pelo meu erro”, choramingou Valquíria, que já tem outras passagens pela polícia. // Verdinho Blog
Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *