Itabuna

Enterrado em Itabuna um dos homens que haviam sumido e que foram achados mortos no sul da BA

Foi enterrado na manhã desta terça-feira (18) o revendedor de veículos seminovos Neilton Santos de Andrade, que estava desaparecido junto com o amigo Anderson Assis Souza desde sexta-feira (14), após saírem de Itabuna para venderem um carro em Itajuípe, ambas no sul da Bahia. Os dois foram encontrados mortos na segunda-feira (17).

Sob forte comoção, o sepultamento ocorreu por volta das 10h, no cemitério Campo Santo, no centro de Itabuna, no sul da Bahia.

Anúncios

Neilton e Anderson foram achados mortos três dias depois do desaparecimento, após José Carlos Viana Alencar Júnior, conhecido como “Nininho”, suspeito de matar os dois, ligar para as delegacias de Itajuípe e Ibicuí, confessar o crime e informar os locais onde os corpos estavam escondidos.

De acordo com o delegado Roberto Júnior, que investiga o caso, o suspeito continua foragido. O corpo de Anderson vai passar por exames de DNA, para a confirmação da identificação dele, no Intituto Médico Legal (IML) de Salvador, já que o corpo estava carbonizado. Não há previsão para divulgação do resultado.

O corpo de Neilton foi encontrado enterrado na zona rural de Ibicuí, e o de Anderson estava no distrito de Itaiá, município de Firmino Alves, também na região sul do estado.

Conforme a polícia, um inquérito foi instaurado. Equipes foram até a casa de um dos primos de Nininho e acharam os documentos do carro que foi vendido pelas vítimas.

Protestos

Amigos e familiares protestaram na segunda-feira (17) — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Na manhã de segunda-feira (17), amigos e familiares das vítimas fizeram uma manifestação na Praça Régis Pacheco, que liga a rodovia Itajuípe-Coaraci.

O grupo queimou pneus na ponte, que ficou interditada por quase uma hora. O Corpo de Bombeiros apagou o fogo e o trânsito foi liberado.

G1

Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *