Brasil e Mundo

Após 12 dias internados, prefeito de Osasco e mulher têm alta médica

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), e a primeira-dama Aline Lins, que tiveram partes do corpo queimadas em uma explosão de uma fogueira em uma festa junina da cidade na noite da sexta-feira (28), recebem alta médica nesta quarta-feira (10).

Leia mais: Festa junina não tinha autorização para fogueira, dizem Bombeiros

Anúncios

De acordo com informações divulgadas no boletim médico, a saída do casa está marcada para às 14h. Após passarem 12 dias internados, o casal seguirá para casa, onde continuarão o tratamento.

O prefeito e a primeira-dama deram entrada no hospital no dia 28 de junho, após sofrerem um grave acidente com fogo, provocado por uma forte explosão ao acenderem a fogueira do Arraiá do Servidor. Segundo o último boletim médico, o ambos “apresentaram boa evolução clínica, estavam afebril, deambulando e aceitando dieta.”

“O tratamento se dará em casa e ambos seguirão todas as recomendações médicas, retomando seus compromissos aos poucos”, afirmou o boletim médico.

R7

Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *