Brasil e Mundo

Noivo estupra madrinha do casamento e ainda é perdoado pela mulher

O norte-americano Daniel Carney foi acusado de abusar sexualmente de uma das madrinhas da noiva dois dias antes do seu casamento. De acordo com o portal BuzzFeed News, a noiva flagrou o crime, que foi registrado por câmeras de segurança.
Ainda segundo a imprensa local, a madrinha contou à polícia que acredita ter sido dopada no hotel em que se preparavam para a celebração. Ela diz que desmaiou após beber alguns drinks numa festa organizada pelos próprios noivos, acordando esporadicamente durante o efeito da droga.

Segundo ela, em uma das vezes em que conseguiu recuperar a consciência, estava debaixo de um chuveiro, sem a parte de baixo do biquíni e com Carney debruçado sobre seu corpo. Ela também recorda ter visto a noiva entrar no vestiário e gritar com o homem.

Anúncios

Mais tarde, as imagens da câmera de segurança do hotel confirmaram a versão da mulher com registros que mostram a madrinha caminhando com dificuldades e sendo conduzida pelo noivo ao vestiário.

Outra prova coletada pela polícia local foi uma ligação entre Daniel Carney e a então noiva, na qual ele pede perdão por abusar sexualmente da madrinha, ato descrito por ele como “tirar vantagem”.

O abuso aconteceu no dia 30 agosto e o casamento estava marcado para o dia primeiro de setembro. De acordo com amigos da noiva, mesmo assim, a união aconteceu. O acuado já foi intimado para uma audiência sobre o crime.

Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *