Brasil e Mundo

Policiais com P maiúsculo não fazem homicídio, não dão tiro em vidraças, diz Rui

O governador Rui Costa (PT) afirmou, na manhã desta quarta-feira (09/10), que a tropa da Polícia Militar não aderiu a greve política organizada pelo deputado estadual Prisco.

O governador afirmou ainda que os crimes durante essa madrugada foram realizados por bandidos e estão sendo apurados.

Anúncios

“Policiais com P maiúsculo não fazem homicídio, não dão tiro em vidraças de agências bancárias. Isso é atitude de bandido e criminoso. Se alguém cometeu homicídio, a Polícia Civil está apurando. Vamos continuar investigando quem são os bandidos e marginais que estão matando gente ou atirando contra vidros. Isso é atitude deliberada e organizada por criminosos. O policiamento está na rua, não tem adesão de nenhum policial. Isso é ação midiática buscando autopromoção. É uma ação política organizada por um grupo político, eu não tenho nenhuma dúvida disso”, disse Rui, que continuou.

“Isso é uma ação organizada pelo deputado, uma ação criminosa. Infelizmente tem ambiência política para acolhimento de pessoas deste caráter e desta postura. Ele caiu mais da metade da votação dele em 2018, talvez este seja o motivo, eleitoreiro”, concluiu o governador baiano.

Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *