Brasil e Mundo

Vítimas da queda de avião em Maraú seguem em estado grave

As nove vítimas que sobreviveram a queda de um jato executivo na última quinta-feira (14) em Barra Grande, distrito que pertence a Maraú, no baixo sul da Bahia, seguem internadas em estado de saúde grave por conta das queimaduras.
Diante da gravidade, as oito vítimas internadas no Hospital Geral do Estado (HGE) precisaram tomar anestesia durante a limpeza dos ferimentos. Alguns permanecem sedados boa parte do tempo. Já Maysa Marques Mussi, irmã da única vítima fatal do acidente, segue em estado grave no Hospital do Subúrbio. Acompanhada de parentes, a paciente aguarda uma melhora no quadro para ser transferida para o HGE, referência no tratamento de queimados.

O ex-piloto de Stock Car, Tuka Rocha, de 36 anos, teve 80% do corpo queimado. Estão entre as vítimas o filho de seis anos e o marido da jornalista Maysa Mussi, Eduardo Mussi, irmão do deputado Guilherme Mussi.

Anúncios

Lista das vítimas internadas no HGE:

Menino de 6 anos (Filho de Eduardo Trajano)
Fernando Oliveira Silva, de 26 anos
Marrie Cavelan, de 27 anos
Marcelo Constantino, 28 anos
Eduardo Trajano Telles Elias, de 38 anos
Eduardo Mussi
Tuka Rocha, 36 anos
Aires Napoleão, 66 anos.

*Varela Notícias

Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *