Santo Antônio de Jesus

“Prendemos dois líderes do tráfico, mas ainda falta um”, diz delegado de SAJ

O delegado da 4ª Coorpin de Santo Antônio de Jesus, Dr. Adilson Bezerra comentou acerca da prisão do autor dos homicídios no bairro Alto Santo Antônio .
Segundo o entrevistado, este foi um trabalho de campo realizado pelos investigadores do SI da 4ª Coorpin e 1ª Delegacia de Santo Antônio de Jesus, onde foram feitos levantamentos precisos das invasões que estavam ocorrendo no Alto Santo Antônio, resultante de uma guerra entre dois grupos de tráfico rivais. Estes grupos tinham o intuito de de tomar a área do bairro que pertenceria ao outro.

“Com isso eles subiam em bandos, todos fortemente armados, e ao chegar no local desferiam vários disparos de arma de fogo. Com isso eles tomavam aquela área momentaneamente. Ocorre que os policiais começaram a fazer várias investidas e elucidaram aquelas pessoas que estavam participando de tais invasões”, disse.

Anúncios

Bezerra informou ainda que todas as provas foram coletadas e formalizadas, o que representou pela prisão de todos, que aos poucos foram cumpridas, porém outros entraram em confronto com a policia. “O líder dessas invasões acabou entrando em confronto com a polícia e foi alvejado, os demais foram presos, alguns menores. Só faltava um para completar esse círculo, este que foi preso na noite do último domingo”, falou.

O acusado do duplo homicídio ocorrido no dia 17 de junho nas ruas 11 e 21 ocorrido naquele bairro, tem passagens pela polícia por tráfico de drogas e suspeita de participação em outros homicídios.

Outros líderes do tráfico foram presos neste ano, segundo Bezerra, um há um pouco mais de 3 meses e outro há uma semana, estes dois considerados o terceiro e segundo na hierarquia no crime. Neste momento falta apenas o primeiro da hierarquia, “acredito que até o fim do ano ou no início do próximo consigamos chegar a esse líder. Nossos trabalhos resultaram no cessar da guerra e o número de homicídios ligados ao tráfico diminuíram bastante”, afirmou.

Homicídios eventuais

Os demais homicídios ocorridos no município não decorrente ao tráfico são considerados eventuais, aos quais não se pode prever. De acordo com o delegado, o índice de elucidação desses casos é alto, “dos 6 homicídios, 5 estão elucidados. Já teve uma prisão referente ao homicídio relacionado a dívida de jogo (reveja aqui) e outras prisões estão a serem cumpridas nos próximos dias, também relacionadas aos últimos homicídios”, concluiu através da Rádio Clube FM.

Veja também: Polícia Civil incinera 400 kg de drogas das operações em SAJ e Varzedo

Redação Voz da Bahia

 

Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.