Notícias do Mundo

Após ser acusado de agressão e estupro, Nego do Borel exige R$ 45 mil de Duda Reis

Depois de registrar uma queixa alegando injúria, calúnia e difamação em uma delegacia do Rio de Janeiro, Nego do Borel procurou novamente a Justiça contra Duda Reis. O cantor está solicitando uma indenização no valor de quarenta e cinco mil reais por danos morais, após a ex-noiva ter o acusado de estupro e agressão.

A defesa do funkeiro pede uma liminar para que os posts da influenciadora abordando a polêmica sejam excluídos das redes sociais, além de proibi-la de publicar novos vídeos, fotos ou textos abordando o tema.
A petição foi registrada no último dia 15. A ação judicial foi antecipada por Ancelmo Gois, colunista do jornal O Globo.

Anúncios

Os advogados do cantor afirmam que as acusações feitas por Duda Reis são irresponsáveis e levianas. O documento menciona ainda que, por causa do ódio, ressentimento e dor, a mesma difama e rebaixa o ex-parceiro para se convencer de que não perdeu muita coisa.

Atendendo um pedido da digital influencer, a Justiça de São Paulo acatou uma medida de proteção contra Nego do Borel. O cantor está proibido de se aproximar da moça e dos seus familiares por no mínimo quinhentos metros de distância. O ex-malhação também está impedido de frequentar locais em que a ex e sua família estejam presentes ou costumam frequentar.

A juíza decidiu ainda que Borel não deve manter nenhum tipo de contato com Duda, nem mesmo por qualquer meio de comunicação, como mensagens, telefone ou redes sociais e principalmente presencial.

Duda acusou o jovem de estupro, ameaça agressão, violência doméstica e ainda transmissão de HPV.

1NEWS

Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.