Política

Sem contar com o aval da Câmara, Planalto decide adiar pacto dos três poderes

O Palácio do Planalto decidiu adiar a assinatura do pacto dos três poderes, após saber que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não assinaria o acordo que já foi costurado. Maia gostaria de falar com os deputados antes de aceitar o documento. A assinatura estava prevista para esta segunda-feira (10). A informação é do blog da jornalista Andréia Sadi, no G1.

A decisão de Maia sinalizou ao governo que a ideia do pacto é apenas do Executivo e que a única pauta em comum entre os três poderes é a da reforma da Previdência.

Anúncios

O porta-voz da Presidência da República, general Rego Barros, afirmou no sábado (8) que o pacto “foi postergado para acertar detalhes ainda em aberto”. Contudo, deputados afirmam que se houver um pacto, o mesmo será norteado por um documento proposto pelo Legislativo.

Radar da Bahia

Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *