Sapeaçu

Sapeaçu: Após descumprir a lei tres pessoas foram presas tocando espada no período junino em 2019

Cinco homens suspeitos de soltar espadas nas ruas do município Sapeaçu, foi conduzido para a delegacia na manhã desta segunda-feira (24) durante uma ronda realizada pela Polícia Militar.
Na operação, conduzida pela guarnição de Sapeaçu começou por volta das 10 h na Praça Rio de janeiro na Urbis 2, quando aprendeu um homem que estaria com uma espada na mão.
Na parte da tarde mais quatros pessoas foram presas na praça da Matriz, onde foram todos apresentados em Santo Antônio de Jesus e ouvidos pelo delegado titular.
Dos cincos três foram atuados em fragrante e encaminhado de volta para a delegacia de Sapeaçu onde permanecem a disposição da justiça e dois foram liberados em Saj.
O Promotor de Justiça Adriano Marques, esteve na cidade e disponibilizou as informações que o município não poderia tocar espadas.
Advogados de defesas dos jovens tentam liberação dos seus clientes pois são pessoas que não corre risco a sociedade.
A prisão deixou a população revolta, pois mesmo sabendo que era proibido acham que não havia a necessidade da prisão .Disse uma moradora.
Os nomes das pessoas presas não foram liberados pela justiça
“JUSTIÇA DECIDE QUE ESPADA É ARMA DE FOGO E CONFIRMA A PROIBIÇÃO. DECISÃO DEVOLVE O SÃO JOÃO À MAIORIA”.

Portal Sapeaçu na mídia 

Anúncios
Anúncios
Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *