Saúde

Pazuello diz que autorização emergencial para vacina contra Covid não é a solução para o país

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta sexta-feira (11) que o uso emergencial das vacinas contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) não são a solução para enfrentar a pandemia no Brasil.

“O que estamos vendo na Inglaterra é autorização emergencial de uso para grupos restritos e com assinatura de responsabilidade individual de forma muito grave, muito controlada. Essa mesma autorização emergencial foi feita nos Estados Unidos ontem [na verdade os conselheiros da agência recomendaram a aprovação] e será solicitada à Anvisa no Brasil”, disse o ministro.

Anúncios

“Mas não é isso [autorização emergencial] que consideramos como solução. A solução será a vacina registrada, a vacina segura e distribuída para toda a população brasileira. Não vamos passar a responsabilidade a quem vai receber a vacina. A responsabilidade é das autoridades que estão oferecendo a vacina, de forma gratuita e voluntária”.

Um dia após servidores da Anvisa divulgarem carta na qual afirmaram que não se dobram a pressões políticas e que o trabalho técnico está acima de qualquer pressão, Pazuello disse que vai cobrar pessoalmente da agência.

“Cobrarei pessoalmente a Anvisa para que seja célere, dentro de toda a responsabilidade, dentro de toda a segurança. Mas cobrarei de forma séria para que a Anvisa seja mais célere, mais rápida possível em nos dar um registro, nos dar as autorizações necessárias para uso”.

 

Anúncios
crie seu site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.